Comentários sobre HGRE11 e KNRI11

Esses são dois dos fundos imobiliários mais comentados do mercado, pelo menos alguns dos mais famosos. Agora, como eles funcionam que tipo de investimentos eles possuem é o que veremos aqui, então se você gosta de FIIs ou pretende ter na carteira, vale a pena entender mais sobre o HGRE11 e o KNRI11

Começando pelo HGRE11 que seria o FII de tijolo CSHG Real Estate, que possui diversos investimentos em São Paulo, focado em lajes corporativas, ou seja, escritórios. Um dos investimentos desse FII inclusive é o prédio onde ficava a Xp Investimentos, que apesar de não ter mais o escritório central lá, ainda tem algumas salas por ali na Faria Lima.

(fonte: site Fundamentus)
Bom, mas o que realmente importa na hora de ver o FII, uma coisa que temos de cuidar é a vacância, pois é super importante entender em que ponto o FII anda, e no caso do HGRE11, ele possui uma vacância média um pouco acima de 20%. Esse número é importante pois, salas ou escritórios vagos, geram um custo, e não geram receita, portanto é importante manter esse número baixo, pois quanto menor ele, menor o dividendo que recebemos dos aluguéis. Outra forma de olhar esse número é também com potencial de dividendo, pois se a vacância é relevante, temos a situação que é um fundo que facilmente pode aumentar os dividendos, então junto com isso precisamos casa o DY – Dividend Yield, e nesse fator o HGRE11 tem no último ano 5,88% de DY. 
 
Uma coisa interessante desse fundo é que ele possui 23 prédios e 90% do patrimônio em São Paulo, e divididos entre vários bairros diferentes, com consequentemente locatários de diferentes setores, o que é vantajoso para mitigar o risco do fundo, porém ainda assim todos em São Paulo, o que seria uma desvantagem em comparação a outros FIIs que possuem mais diversificação em diferentes cidades ou até mesmo estados.

No geral o HGRE11 é um fundo que vem trocando alguns investimentos, recentemente vendeu a participação em um prédio, logo depois de uma aquisição, portando é um fundo que vem trabalhando para melhorar os números, e isso pode vir a ocorrer caso a vacância baixe.

Vale a pena analisar o HGRE11, para saber mais sobre ele.

Sobre o KNRI11 também é um fundo de tijolo, porém não é totalmente focado em lajes corporativas, mas também é concentrado em São Paulo. Ele é um fundo que chamamos de híbrido, pois investe em mais de uma classe de ativos imobiliários.

O KNRI11 – Kine Renda Imobiliária, é um dos maiores fundos listado na bolsa, com 9 galpões logísticos e 10 prédios corporativos.
A vacância do fundo se mantém abaixo de 10% há vários anos, ficando próximos dos 8%. Considerando o cenário atual do KNRI11, por ter vários galpões logísticos, é um fundo que não deve sofrer tanto nessa parte, pois as operações logísticas seguiram funcionando independente do COVID-19.

O DY do fundo nos últimos 12 meses é de 5,14%. Se pensarmos contra os 5,88% do HGRE11 ele parece um pouco menos atrativo ao preço atual, porém devemos considerar que por ser um fundo mais diversificado o KNRi11 é um fundo com menos risco. E quanto temos menos risco as chances são que teremos menos retorno também. 

Quando estamos falando de FIIs, uma coisa importante a se mencionar é que os FIIs no geral performaram melhor que o IBOVESPA, nos últimos dois anos. Para ver isso, utilizamos como referência o IFIX, e isso nos confirmar que FIIs na carteira podem ser uma boa diversificação.

NEWSLETTER TULPEN
Escreva-se aqui e não perca nenhuma novidade!
Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades.
Lembre-se de confirmar abrindo o link!

Esses dados serão utilizados para entrarmos em contato com você e disponibilizarmos mais conteúdos e ofertas. Caso você não queira mais receber os nosso emails, cada email que você receber, incluirá ao final, um link que poderá ser usado para remover o seu email da nossa lista de distribuição.

Para mais informações, acesse: https://klickpages.com.br/politica-de-privacidade/

Feito com